Entre e aconchegue-se, a casa é sua!

"Agradeço muito por você fazer parte da minha viagem, e por mais que nossos assentos não estejam lado a lado, com certeza, estamos no mesmo vagão."

"Se você sabe explicar o que sente, não ame,
o amor foge de todas as explicações possíveis."

"Todos ganham presentes, mas nem todos abrem o pacote."

"Não quero ter a terrível limitação
de quem vive apenas do que é passível de fazer sentido.
Eu não:
QUERO UMA VERDADE INVENTADA."



"Está em nossas mãos criar as condições que nos permitam descobrir uma forma diferente de ser. Por que não agir como a borboleta que acreditou que não deveria se limitar a uma existência de lagarta e, hoje, trocou sua vida limitada pela LIBERDADE DE VOAR POR ENTRE AS FLORES."

"Acalma meu passo, Senhor.
Desacelera as batidas do meu coração, acalmando a minha mente.
Diminua meu ritmo apressado com uma visão da eternidade do tempo.
Em meio às confusões do dia a dia, dê-me a tranqüilidade das montanhas.
"





segunda-feira, 3 de maio de 2010

Você tem medo de quê?

"Você tem medo de quê?
De dizer não para aquela pessoa querida mesmo sabendo que o sim significa problemas no futuro...

Você tem medo de quê?
De admitir que se enganou com uma pessoa, que errou na dose do sentimentalismo e fechou os olhos para a realidade que todos viam...
Aceitar que o fim de um relacionamento já chegou há muito tempo e você, só você insiste em manter as aparências...

Você tem medo de quê?
De falar para a família e os verdadeiros amigos o quanto os ama e, por isso, fica calado imaginando que todo mundo sabe disso...
De perder o emprego medíocre e, por isso, se submete a tirania de um local que você não se sente bem...

Você tem medo de quê?
De aceitar que seu atual estado é reflexo apenas dos seus atos, das suas atitudes, algumas vezes impensadas e feitas de pura ansiedade...

Você tem medo de quê?
De sair da capa de vítima e encarar de frente seus sonhos, suas necessidades e descobrir que pode realizá-los...
De questionar velhos conceitos e mudar tudo para viver melhor...

Você tem medo de quê?
De aceitar que Deus existe e que nos pede ação sempre, trabalho sempre, boa vontade sempre, perdão sempre, amor sempre...

Não tenha medo de ser feliz. Arrisque-se, aventure-se.
Caiu? Levante-se. Errou? Comece de novo.
Perdoe sempre. Esqueça o que passou.
Construa o hoje, viva o hoje.
Ame-se sempre!"

(por Paulo Roberto Gaefke)

Um comentário:

Zé Carlos disse...

Loirinha querida, como eu tenho saudades de ti.... mas que pena nossos horários não combinarem.
Amanhã vou para fora!!!! Espero um recadinho seu.
Mas no fundo vc entende o quanto gosto de ti, não???
Beijão do ZC