Entre e aconchegue-se, a casa é sua!

"Agradeço muito por você fazer parte da minha viagem, e por mais que nossos assentos não estejam lado a lado, com certeza, estamos no mesmo vagão."

"Se você sabe explicar o que sente, não ame,
o amor foge de todas as explicações possíveis."

"Todos ganham presentes, mas nem todos abrem o pacote."

"Não quero ter a terrível limitação
de quem vive apenas do que é passível de fazer sentido.
Eu não:
QUERO UMA VERDADE INVENTADA."



"Está em nossas mãos criar as condições que nos permitam descobrir uma forma diferente de ser. Por que não agir como a borboleta que acreditou que não deveria se limitar a uma existência de lagarta e, hoje, trocou sua vida limitada pela LIBERDADE DE VOAR POR ENTRE AS FLORES."

"Acalma meu passo, Senhor.
Desacelera as batidas do meu coração, acalmando a minha mente.
Diminua meu ritmo apressado com uma visão da eternidade do tempo.
Em meio às confusões do dia a dia, dê-me a tranqüilidade das montanhas.
"





sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Minha Saudade

"Eu desejo que tu chegues
sem que eu tenha te chamado,
que chegues de inesperado
pelo prazer de chegar...

Com espaço entre os teus braços
para o ninho de um abraço,
com o sorriso iluminado,
com o céu dentro do olhar...

Eu sonho que tu entendas
a alegria que tu trazes,
nas surpresas que me fazes,
quando eu te vejo voltar...

Mas enquanto não aprendes,
enquanto tu não entendes,
escrevo a minha saudade
e ela vai te buscar..."

por Fátima Guerra (Melliss)

http://fatimaguerra-melliss.blogspot.com/

sábado, 18 de setembro de 2010

A vida sem amor...

"A inteligência, sem amor, te faz perverso.
A justiça, sem amor, te faz implacável.
A diplomacia, sem amor, te faz hipócrita.
O êxito, sem amor, te faz arrogante.

A riqueza, sem amor, te faz avaro.
A docilidade, sem amor, te faz servil.
A pobreza, sem amor, te faz orgulhoso.
A beleza, sem amor, te faz ridículo.

A autoridade, sem amor, te faz tirano.
O trabalho, sem amor, te faz escravo.
A simplicidade, sem amor, te deprecia.
A oração, sem amor, te faz introvertido.

A lei, sem amor, te escraviza.
A política, sem amor, te deixa egoísta.
A fé, sem amor, te deixa fanático.
A cruz, sem amor, se converte em tortura.

A vida, sem amor...
Sem amor ela não tem sentido...
Não se pode dizer que é 'VIDA'!!!"

(Autor Desconhecido)
PS: Se alguém souber a autoria, por favor me deixe uma mensagem.

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Assunto Predileto


"Quantas coisas eu guardei pra lhe dizer,
Quanto amor e quanta espera por você.
Quantos sonhos eu guardava dentro do meu coração,
Inventava mil viagens sempre em sua direção.

Meu assunto predileto era você,
E os motivos só agora eu posso ver.
É incrível como a gente, as vezes, passa pelo amor,
Sem saber que está diante do que sempre procurou.

Olha meu amor...
Nem o tempo apagou a falta que você me faz.
A saudade que você deixou, ainda é demais.
Nessa hora é que a gente sabe o que é solidão.

Olha meu amor...
Uma história que jamais se esquece, não acaba assim.
Na verdade você é o sonho que eu guardei pra mim,
E é você que vai ficar pra sempre no meu coração."

Composição: Paulo Sergio Valle e Eduardo Lages
Interprete: Roberto Carlos