Entre e aconchegue-se, a casa é sua!

"Agradeço muito por você fazer parte da minha viagem, e por mais que nossos assentos não estejam lado a lado, com certeza, estamos no mesmo vagão."

"Se você sabe explicar o que sente, não ame,
o amor foge de todas as explicações possíveis."

"Todos ganham presentes, mas nem todos abrem o pacote."

"Não quero ter a terrível limitação
de quem vive apenas do que é passível de fazer sentido.
Eu não:
QUERO UMA VERDADE INVENTADA."



"Está em nossas mãos criar as condições que nos permitam descobrir uma forma diferente de ser. Por que não agir como a borboleta que acreditou que não deveria se limitar a uma existência de lagarta e, hoje, trocou sua vida limitada pela LIBERDADE DE VOAR POR ENTRE AS FLORES."

"Acalma meu passo, Senhor.
Desacelera as batidas do meu coração, acalmando a minha mente.
Diminua meu ritmo apressado com uma visão da eternidade do tempo.
Em meio às confusões do dia a dia, dê-me a tranqüilidade das montanhas.
"





quarta-feira, 28 de julho de 2010

Conselho de Um Velho Apaixonado



"Quando encontrar alguém e esse alguém fizer seu coração parar de funcionar por alguns segundos, preste atenção: Pode ser a pessoa mais importante da sua vida.

Se os olhares se cruzarem e, neste momento, houver o mesmo brilho intenso entre eles, fique alerta: Pode ser a pessoa que você está esperando desde o dia em que nasceu.

Se o toque dos lábios for intenso, se o beijo for apaixonante, e os olhos se encherem d'água neste momento, perceba: Existe algo mágico entre vocês.

Se o primeiro e o último pensamento do seu dia for essa pessoa, se a vontade de ficar juntos chegar a apertar o coração, agradeça: Alguém do céu te mandou um presente divino - O AMOR.

Se um dia tiverem que pedir perdão um ao outro por algum motivo e, em troca, receber um abraço, um sorriso, um afago nos cabelos e os gestos valerem mais que mil palavras, entregue-se: Vocês foram feitos um pro outro.

Se por algum motivo você estiver triste, se a vida te deu uma rasteira e a outra pessoa sofrer o seu sofrimento, chorar as suas lágrimas e enxugá-las com ternura, que coisa maravilhosa: Você poderá contar com ela em qualquer momento de sua vida.

Se você conseguir, em pensamento, sentir o cheiro da pessoa como se ela estivesse ali do seu lado....
Se você achar a pessoa maravilhosamente linda, mesmo ela estando de pijamas velhos, chinelos de dedo e cabelos emaranhados...

Se você não consegue trabalhar direito o dia todo, ansioso pelo encontro que está marcado para a noite...
Se você não consegue imaginar, de maneira nenhuma, um futuro sem a pessoa ao seu lado...

Se você tiver a certeza que vai ver a outra envelhecendo e, mesmo assim, tiver a convicção que vai continuar sendo louco por ela...
Se você preferir fechar os olhos, antes de ver a outra partindo: É o amor que chegou na sua vida.

Muitas pessoas apaixonam-se muitas vezes na vida, poucas amam ou encontram um amor verdadeiro.
Às vezes encontram e, por não prestarem atenção nesses sinais, deixam o amor passar, sem deixá-lo acontecer verdadeiramente. É o livre-arbítrio!

Por isso, preste atenção nos sinais. Não deixe que as loucuras do dia-a-dia o deixem cego para a melhor coisa da vida: O AMOR!!!"

(por Carlos Drummond de Andrade)

domingo, 25 de julho de 2010

O Dia do Escritor


"Descortinei mil mundos em viagens alucinantes,
Sonhei, sofri e chorei em histórias desconcertantes...

Fui cavaleiros andantes, fui marinheiro arrojado,
Fui amante e fui amado nas idas e vindas da História...

Eu fui o herói sem glória, viajante intergaláctico,
Fui vidente enigmático nos abismos siderais.

E fui tantas coisas mais!
Fui um príncipe encantado, fui também um renegado
Vivi entre densas selvas, corri por campos de relvas.

Fui o Médico e o Monstro!
Fui acerto e desencontro, fui a alma que se encanta.

Senti na própria garganta o gosto da guilhotina,
Fui a sorte e fui a sina de sábios e imperadores.

Fui o ódio e fui amores de intrigas cortesãs,
No Éden fui as maçãs e os desejos de Eva.

Fui a oração que eleva, e a maldição assassina.
Fui garoto, fui menina, fui O Príncipe e o Mendigo,

Fui tempestade e abrigo, fui luz e também fui treva!
Fui a reza que eleva e fui o ódio que aflora!

Eu fui os sonhos de outrora, eu fui as Vinhas da Ira,
Fui a verdade e a mentira, fui paixão arrebatada.

Eu fui o tudo e o nada, eu fui doces corações.
E naveguei com Camões pelas trilhas da tragédia.

Eu fui a Divina Comédia, fui Romeu e Julieta,
Saí desse meu planeta, fui direção e percursos.

Eu estive nos Discursos com que Platão se expressou,
Amei como ele amou. Eu fui das feras o faro.

Nas Neves do Kilimanjaro, fui opressor e garrote,
Viajei com D. Quixote pelos moinhos de vento.

Eu estive no momento em que Peri e Ceci
Amaram, nO Guarani!

Fui Espumas Flutuantes, senti medo alucinante
No Poderoso Chefão!

E de novo em Tubarão, tremi como uma criança.
Fui também a esperança de que voltasse à vida
Nossa Bela Adormecida.

Fui Tarzan em muitas grotas, torci pelo Gato de Botas,
E fui a cigarra amiga na Cigarra e a Formiga.

Fui choro que desespera no drama A Bela e a Fera.
Fui um grande Monsenhor nas Sandálias do Pescador!

Senti os Ventos Uivantes!
Estão em mim os instantes dos livros, e toda a alegria!
Nada disso existiria, nem ódio nem o amor...

Se não existisse o escritor!!!"

(por J. B. Xavier)

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Só penso em nós



"Cansei de mentir pra mim
E decidi o que fazer
Agora vou dizer que sim
Vou mostrar que gosto de você

Vou voando, deslizando ao vento
Sem saber aonde chegar
Se um dia vou em pensamento
Te encontrar em algum lugar

Vou abrir os olhos, perder o medo
Deixo o sonho me levar
Vou dizer pro mundo inteiro agora
Que cansei de me enganar

Assumindo que sou toda tua
Que aprendi a te amar
E se a vida acabar agora
Contigo eu quero estar

Não vou desistir
Vou acreditar
Ter você pra mim
É melhor que o ar

Não vou desistir
Vou soltar a voz
Vou até o fim
Eu só penso em nós."

(por Paula Fernandes)

terça-feira, 20 de julho de 2010

Amizade Virtual

Hoje é o Dia do Amigo.
E eu ofereço esse post a todos vocês, que eu conheci aqui,

Meus Amigos Virtuais,
e que se tornaram parte da minha vida real.

Obrigada por vocês existirem
e por fazerem parte da minha vida.
Obrigada pelo carinho, pelo aconchego, pelo consolo...

Obrigada, a todos vocês, de coração!

"Amigos são amigos em qualquer lugar.
Em casa, na faculdade, no trabalho, não importa.
Uma verdadeira amizade não tem hora nem lugar para começar.

Entre essas tantas formas há uma ainda mais especial.
É aquele amigo que fazemos na velocidade de um clique:
O amigo virtual.

Aquele amigo que está sempre ON quando se precisa dele.
Aquele amigo que está sempre presente na sua página de scrap. Aquele amigo que está sempre por perto, mesmo estando longe.

Essa amizade que começa em frente a fria tela de um computador, se conservada, cresce. E dá início a uma intensa troca de calor.

Até que chega um momento em que devemos trazê-la para o mundo real. E aquele amigo de tecladas mostra-se não só mais um amigo. Mas sim, o amigo ideal."

(por Joycimar Lemos)

sábado, 17 de julho de 2010

Quando sair de minha vida...

"Quando sair de minha vida, não saia só...
Leve consigo todas as lágrimas
E também os sorrisos que provocou em mim.
Leve consigo a insegurança de um amor incompreendido.

Quando sair de minha vida, não saia só...
Não deixe para trás os momentos roubados do destino,
Os segredo compartilhados, os carinhos trocados,
A desilusão... o tédio...

Quando sair de minha vida...
Leve também as lembranças, boas e más,
Que ficaram na memória.
Não quero mais recordar você;
Mas desejo que jamais me esqueça.

Quando sair de minha vida...
Não se esqueça de fechar a porta de meu coração
E jogar a chave no tempo,
Que é para ninguém mais entrar...
Pelo menos até que eu consiga entender a vida
E as artimanhas do destino.

Quando sair de minha vida...
Quer mesmo saber?
Deixe tudo para trás...
Mas me leve com você."

(por Rosi Mori)

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Revirando o baú...


Soleado - Todo o tempo do mundo

"Hoje tenho tempo, tenho todo o tempo do mundo
Para pensar em nós, para pensar em ti, em mim,
Em todas as pequenas coisas que fizemos,
Que até agora não entendo, por que te amo...
Te amo...
E como te quero!

Me deito nas nossas manhãs
E sinto o calor de nossos corpos juntos,
Formando um acorde maravilhoso,
Que nunca mais pude esquecer.
Recordo as imagens cheias de carícias e sussurros.
Quanto sinto...
Quanto te quero...

Tudo se acabou...
Tudo se acabou como tudo acaba, quase sem querer,
Igual ao rio que se perde no mar.
Não, não... não foi culpa tua, nem minha.
Por causa desse bobo orgulho perdemos mil coisas boas,
Mil coisas boas...

Hoje tenho tempo, tenho todo o tempo do mundo,
E quanto mais penso mais te adoro e te desejo.
Tudo porque te amo...
Eu te quero... como te quero...
Como te quero!!!"

(por Francisco Cuoco)

terça-feira, 13 de julho de 2010

Mimo


Recebi esse selinho, que é um verdadeiro mimo, da nossa amiga Denise (http://baliar.blogspot.com). Amei, amiga!!!

Obrigada, de coração!


As regrinhas:

1- Explique o motivo de ter começado o blog e se esperava tornar-se popular.

Em outubro do ano passado ganhei um blog de uma amiga (http://www.ivanamcosta. blogspot.com) e fiquei apaixonada, esse blog eu o chamo de 'blog profissional', é onde eu falo do meu trabalho e tudo que está ligado a ele, que é saúde, beleza e estética.

Mas como eu sempre gostei de poesias, reflexões e músicas, e sempre os guardei em pastas no meu pc me veio a vontade de criar um blog onde eu pudesse postar esses "meus guardados". Só que a decisão só veio em janeiro, e infelizmente ou felizmente (ainda não sei), por causa de uma desilusão amorosa. E iniciei o meu primeiro post com essas palavras:

"Hoje eu acordei meio sufocada, como se a voz estivesse presa na garganta, literalmente, com aquele famoso "nó na garganta"... Não sei dizer pq, ou talvez saiba e não queira admitir. Mas tudo bem, depois passa, afinal tudo passa... E, tb, sei lá pq, resolvi criar esse blog... Acho que é pq nele eu posso (se sentir vontade) desabafar, onde eu posso postar os textos e as letras das músicas que eu gosto e que me ajudam tanto nessas horas. Nas minhas pesquisas para meu outro blog eu encontrei muitos desse tipo, percebi que tanta gente faz isso. Então, porque eu não podia fazer!?... Pronto, fiz!!!"

Hoje a minha paixão é esse blog, através dele conheci pessoas maravilhosas, especiais mesmo. Encabeçando a lista o nosso querido Zé Carlos (o meu Zé), que me deu uma força incrível no momento que eu muito precisei. Ele não tem idéia do qto que me ajudou...


2- Diga a data exata do início do seu blog.

No dia 13 de janeiro de 2010 (hoje completando 6 meses).


3- Indique 5 seguidores do seu blog:

- Zé Carlos - http://almasdouradas.blogspot.com e http://zecarlosmanzano.blogspot.com

- Isadora - http://tantoscaminhosisadora. blogspot.com

- Rita - http://rita-bueno.blogspot.com

- Fátima (Mell) - http://fatimaguerra-melliss. blogspot.com

- Gena - http://genapoeta.blogspot.com


Infelizmente a regra é oferecer para cinco pessoas. Mas, eu ofereço esse mimo (que recebi com muito carinho), tb, a todos os outros amigos (que não são muitos) que hoje fazem parte desse meu cantinho.

Obrigada a todos vocês, por estarem aqui, comigo e, por serem quem, e como, são.

Amo vocês!!!

sábado, 10 de julho de 2010

Só tu!

"Dos lábios que me beijaram,
Dos braços que me abraçaram,
Já não me lembro, nem sei...
São tantas as que me amaram!
São tantas as que eu amei!

Mas tu - que rude contraste!
Tu, que jamais me beijaste,
Tu, que jamais abracei,
Só tu, nest'alma, ficaste,
De todas as que eu amei."

(por Paulo Setúbal)

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Gosto de você...

"Gosto de você...

Pela amizade que você me devota,
por meus defeitos que você nem nota...

Por meus valores que você aumenta,
por minha fé que você alimenta...

Por esta paz que nós nos transmitimos,
por este pão de amor que repartimos...

Pelo silêncio que diz quase tudo,
por este olhar que me reprova mudo...

Pela pureza dos seus sentimentos,
pela presença em todos os momentos...

Por ser presente, mesmo quando ausente,
por ser feliz quando me vê contente...

Por ficar triste, quando estou tristonha,
por rir comigo quando estou risonha...

Por repreender-me, quando estou errada,
por meu segredo, sempre bem guardado...

Por seu segredo, que só eu conheço,
e por achar que apenas eu mereço...

Por me apontar pra Deus a todo o instante,
por esse amor fraterno tão constante...

Por tudo isso e muito mais eu digo
OBRIGADO POR ESTAR COMIGO!"

(Autor Desconhecido)
PS: Se alguém souber a autoria, por favor me deixe uma mensagem.

domingo, 4 de julho de 2010

Se eu não puder te esquecer


"Se eu não puder te esquecer,
Mando dizer numa flor,
Mando uma estrela avisar
Que o velho amor acordou.

Se não puder me esquecer,
Basta dizer por aí.
Quando você sussurrar,
Meu coração vai ouvir.

Esquecer, difícil demais,
Ninguém é capaz,
Se amou um pouquinho.

Esquecer, você, nem pensar
E quando tentar...
Que eu morra sozinho."

(por Moacyr Franco)