Entre e aconchegue-se, a casa é sua!

"Agradeço muito por você fazer parte da minha viagem, e por mais que nossos assentos não estejam lado a lado, com certeza, estamos no mesmo vagão."

"Se você sabe explicar o que sente, não ame,
o amor foge de todas as explicações possíveis."

"Todos ganham presentes, mas nem todos abrem o pacote."

"Não quero ter a terrível limitação
de quem vive apenas do que é passível de fazer sentido.
Eu não:
QUERO UMA VERDADE INVENTADA."



"Está em nossas mãos criar as condições que nos permitam descobrir uma forma diferente de ser. Por que não agir como a borboleta que acreditou que não deveria se limitar a uma existência de lagarta e, hoje, trocou sua vida limitada pela LIBERDADE DE VOAR POR ENTRE AS FLORES."

"Acalma meu passo, Senhor.
Desacelera as batidas do meu coração, acalmando a minha mente.
Diminua meu ritmo apressado com uma visão da eternidade do tempo.
Em meio às confusões do dia a dia, dê-me a tranqüilidade das montanhas.
"





terça-feira, 4 de maio de 2010

Até o fim...



"Se a gente não sabe se ama,
Se a gente não sabe se quer,
Não vai saciar essa chama,
Se não decifrar o que é.

Se algo entre nós se insinua
E doce tontura nos traz,
O que delicia tortura
E não dá descanso nem paz.

É que o amor não se dissolve assim,
Sem dor se não for até o fim.

Se a gente não sabe se ama
E não se decide que quer
A dúvida não desinflama
Enquanto a gente não se der.

Se algo entre nós se insinua
E não se disfarça sequer,
Não dá pra deixar pra outro dia
De outra semana qualquer.

É que o amor não se dissolve assim
Sem dor se não for...
Até o fim!"

(por César Mendes e Arnaldo Antunes)

Um comentário:

Faces de Mulher disse...

Bom dia Yvy!!!
Amei ver vc entre meus seguidores...
Lindo seu blog...
Linda poesia...
Voutarei mais vezes...
BJKS...
Chrys
;)