Entre e aconchegue-se, a casa é sua!

"Agradeço muito por você fazer parte da minha viagem, e por mais que nossos assentos não estejam lado a lado, com certeza, estamos no mesmo vagão."

"Se você sabe explicar o que sente, não ame,
o amor foge de todas as explicações possíveis."

"Todos ganham presentes, mas nem todos abrem o pacote."

"Não quero ter a terrível limitação
de quem vive apenas do que é passível de fazer sentido.
Eu não:
QUERO UMA VERDADE INVENTADA."



"Está em nossas mãos criar as condições que nos permitam descobrir uma forma diferente de ser. Por que não agir como a borboleta que acreditou que não deveria se limitar a uma existência de lagarta e, hoje, trocou sua vida limitada pela LIBERDADE DE VOAR POR ENTRE AS FLORES."

"Acalma meu passo, Senhor.
Desacelera as batidas do meu coração, acalmando a minha mente.
Diminua meu ritmo apressado com uma visão da eternidade do tempo.
Em meio às confusões do dia a dia, dê-me a tranqüilidade das montanhas.
"





domingo, 25 de julho de 2010

O Dia do Escritor


"Descortinei mil mundos em viagens alucinantes,
Sonhei, sofri e chorei em histórias desconcertantes...

Fui cavaleiros andantes, fui marinheiro arrojado,
Fui amante e fui amado nas idas e vindas da História...

Eu fui o herói sem glória, viajante intergaláctico,
Fui vidente enigmático nos abismos siderais.

E fui tantas coisas mais!
Fui um príncipe encantado, fui também um renegado
Vivi entre densas selvas, corri por campos de relvas.

Fui o Médico e o Monstro!
Fui acerto e desencontro, fui a alma que se encanta.

Senti na própria garganta o gosto da guilhotina,
Fui a sorte e fui a sina de sábios e imperadores.

Fui o ódio e fui amores de intrigas cortesãs,
No Éden fui as maçãs e os desejos de Eva.

Fui a oração que eleva, e a maldição assassina.
Fui garoto, fui menina, fui O Príncipe e o Mendigo,

Fui tempestade e abrigo, fui luz e também fui treva!
Fui a reza que eleva e fui o ódio que aflora!

Eu fui os sonhos de outrora, eu fui as Vinhas da Ira,
Fui a verdade e a mentira, fui paixão arrebatada.

Eu fui o tudo e o nada, eu fui doces corações.
E naveguei com Camões pelas trilhas da tragédia.

Eu fui a Divina Comédia, fui Romeu e Julieta,
Saí desse meu planeta, fui direção e percursos.

Eu estive nos Discursos com que Platão se expressou,
Amei como ele amou. Eu fui das feras o faro.

Nas Neves do Kilimanjaro, fui opressor e garrote,
Viajei com D. Quixote pelos moinhos de vento.

Eu estive no momento em que Peri e Ceci
Amaram, nO Guarani!

Fui Espumas Flutuantes, senti medo alucinante
No Poderoso Chefão!

E de novo em Tubarão, tremi como uma criança.
Fui também a esperança de que voltasse à vida
Nossa Bela Adormecida.

Fui Tarzan em muitas grotas, torci pelo Gato de Botas,
E fui a cigarra amiga na Cigarra e a Formiga.

Fui choro que desespera no drama A Bela e a Fera.
Fui um grande Monsenhor nas Sandálias do Pescador!

Senti os Ventos Uivantes!
Estão em mim os instantes dos livros, e toda a alegria!
Nada disso existiria, nem ódio nem o amor...

Se não existisse o escritor!!!"

(por J. B. Xavier)

10 comentários:

Isadora disse...

Minha amiga, uma belíssima homenagem. O que seria de nós sem tantos que nos proporcionam momentos maravilhosos.
Parabéns a você também.
Um beijo

MEUS POEMAS disse...

Bom dia querida Ivy!
Parabéns pelo dia do escritor!
Obrigada por estar sempre presente em meu blog!
Um grande bjo amiga!
Gena

Ivy disse...

Isa, obrigada, minha linda... e parabéns pra vc que nos proporcina belos momentos de leitura e reflexão.

Bjsss!

Ivy disse...

Bom dia minha querida Gena... os parabéns é pra vc!!!

Eu que agradeço por ter tido a oportunidade de conhecer o seu blog, ele é show!

Parabéns!!!

Bjs, minha linda!

Denise disse...

A dicotomia que rege nossas vidas...pode nos transformar naquilo que queremos ser.
Que maravilha de homenagem, Ivy!!

Bjos, minha querida.
Uma super semana pra ti!

Ricardo Calmon disse...

Como aprendiz de neófito de poeta,longe estoy de homenagem essa arrecadar,mas...huhuuuuuuuuuuuu vc e JB arrasaram com mtexto post esse,minina cáida de campos meus de girassois.
Pura magia entre escribas,te ler e absorver

smaaaackkkkkkkkkkkkkkkkk

viva la vidaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

Leandro Ruiz disse...

Ivy vim retribuir sua maravilhosa visita e também lhe parabenizar por este dia do escritor...

Paz e Bem!!

Ivy disse...

Denise, quem derá se assim fosse... eu me transformaria numa escritora assim como vc, minha amiga... rss

Obrigada por fazer parte, aqui, do meu cantinho.

Bjs e uma ótima semana pra vc, tb!

Ivy disse...

Ricardo, meu querido, não seja modesto!!! rss

Fico feliz de fazer parte de lindos campos de girassois, e nessa pura magia quero permanecer sempre.

Bjs, meu amigo!

Ivy disse...

Leandro, meu querido, te agradeço por todos os autores que aqui posto. Mas eu, sou somente uma fã e admiradora de todos, tentando com muita timidez engatinhar...

Bjs, meu lindo, fique na Pza!